02/05/06

Prolixo

Pensa o que quiseres, diz o que puderes, escreve o menos possível.

Sem comentários: